Translate this Page
ONLINE
3

Partilhe esta Página

VISITAS


ATIVIDADES DE PREVENÇÃO
ATIVIDADES DE PREVENÇÃO

ALCANÇAR A JUVENTUDE ANTES DAS DROGAS

Prevenção consiste na redução da demanda do consumo de drogas. Neste caso, as ações têm como objetivo fornecer informações e educar os jovens a adotarem hábitos saudáveis e protetores em suas vidas. Espera-se que as pessoas, não usem, diminuam ou parem de consumir drogas.

Existem três níveis de prevenção, cada um com os seus objetivos próprios:

A prevenção primária: quer evitar ou retardar a experimentação do uso de drogas. Portanto, refere-se ao trabalho que é feito junto as pessoas que ainda não experimentaram, ou jovens e adolescentes que estão na idade em que costumeiramente se inicia o uso.

A prevenção secundária: tem como objetivo atingir as pessoas que já experimentaram e que fazem um uso ocasional de drogas, com intuito de evitar que o uso se torne nocivo, com possível evolução para dependência. Na prevenção secundária o Desafio Jovem esta preparado para orientar e trabalhar este problema de forma preventiva afim de evitar danos maiores a vida.

A prevenção terciária: corresponde ao tratamento do uso nocivo ou da dependência. Portanto esta abordagem já é mais especifica e necessita de uma intervenção direta, pois o individuo já não tem mais o controle da sua vida.

O Dejopi esta preparado para trabalhar esta questão e auxiliar o individuo a restaurar os seus valores e principalmente o controle da sua vida. Assim, o objetivo da prevenção terciária é eliminar as consequências de um uso já continuo e intenso sendo, em geral, estratégias voltadas para a reabilitação e reinserção social do indivíduo.

Prevenção nas Escolas

A escola tem um papel fundamental no desenvolvimento sadio do adolescente e do adulto, pois contribui para a formação global do jovem e da sociedade.

Qual a relação entre educação e prevenção?

A prevenção ao uso de drogas é uma atitude a ser adquirida desde a infância e promovida durante toda a vida.

Assim, o papel da escola na prevenção é educar crianças e jovens a buscarem e desenvolverem sua identidade e subjetividade, promover e integrar a educação intelectual e emocional, incentivar a cidadania e a responsabilidade social, bem como garantir que eles incorporem hábitos saudáveis no seu cotidiano. Trata-se de discutir o projeto de vida dos alunos e da sociedade.

Neste sentido, o Dejopi se propõe a ser instrumento de auxilio a comunidade escolar para fornecer condições e informações necessárias aos educadores, através de um programa de educação continuada, para tratarem desta problemática com seus alunos.

O Dejopi também desenvolve palestras informativas sobre o uso e abuso de drogas e incentiva os alunos a terem um estilo de vida saudável.

Prevenção nas Igrejas

A igreja é uma comunidade que agrega todas as classes sociais e todas as faixas etárias. Portanto acreditamos que é um local importantíssimo para trabalhar a prevenção.

O Dejopi é um ministério que nasceu em 17 de outubro de 2011. 
Desde então o Dejopi vem auxiliando as igrejas a prevenir, trabalhar, e tratar a problemática das drogas. O trabalho de prevenção nas igrejas visa a informação sobre este tema e também tem o propósito de auxiliar a igreja no cuidado primário das pessoas que sofrem da dependência das drogas.

Prevenção nas Empresas

Como qualquer segmento da sociedade, as empresas não se encontram isentas do grave problema do uso de drogas. O uso de drogas no ambiente de trabalho aumenta os fatores de risco para a saúde e segurança dos funcionários e traz conseqüências de acidentes profissionais com custos materiais e humanos. Empresas que têm uma política de "Ambiente de Trabalho Livre de Drogas" buscam e promovem um ambiente saudável, seguro, produtivo e comprometido com a qualidade de vida dos funcionários.

O controle de drogas no ambiente de trabalho inclui programas de educação e orientação através de palestras informativas. No caso de detecção do uso de drogas, o Dejopi esta preparado para abordar o individuo e encorajá-lo para o tratamento de recuperação e proporcionar a sua reinserção no meio laboral.

Programas de prevenção e controle do uso de drogas promovem uma redução significativa de acidentes de trabalho, acidentes pessoais, perdas patrimoniais. Além disso, é também uma exigência legal para as empresas com mais de 50 funcionários segundo a Portaria 3214 /78 do Ministério do Trabalho.

Quando questionados, muitos educadores comentaram a sua falta de recursos de educação sobre drogas que comuniquem a uma audiência jovem. Quanto ao que esses seriam, eles dizem que precisam de materiais precisos e bem apresentados que captem e mantenham a atenção dos estudantes.

Isso é onde os nossos materiais de A Verdade sobre as Drogas podem ajudar. Eles são atuais, completos e facilmente compreendidos pelos estudantes. Os nossos materiais, que são baseados em estudos autoritários e sondagens, são apresentados de uma maneira que é interessante e envolvente para os jovens. E ao estudá–los, os jovens relatam que não só compreendem que é melhor evitar o uso de drogas, mas sabem porque devem fazê–lo.

Ninguém, especialmente um adolescente, gosta de receber uma lição sobre o que ele ou ela não pode fazer. Assim, oferecemos os factos que permitem a uma pessoa tomar uma decisão informada de permanecerem afastados das drogas. A chave para o sucesso deste programa educacional é a participação do estudante. Para isso, os jovens são convidados a juntarem–se a actividades que promovem uma vida livre de drogas — actividades que provaram ser populares e que podem envolver estudantes e membros das comunidades de todas as idades.

O Dejopi esta preparado para ministrar palestras e orientar pessoas prevenindo este mau que assola nossa sociedade.

topo