Translate this Page

Partilhe esta Página


A Verdade a Metanfetamina
A Verdade a Metanfetamina

O QUE É O CRISTAL DE METANFETAMINA?

Cristal é outro nome para metanfetamina em forma de cristal. É só outra forma de comercialização para a droga metanfetamina.

A metanfetamina é uma droga branca cristalina que as pessoas cheiram, fumam ou injetam com seringas. Algumas pessoas ingerem, mas todas desenvolvem uma fissura para continuar a usá-las, pois a droga cria uma sensação falsa de felicidade e bem-estar, têm uma euforia repentina, sentem autoconfiança, hiperatividade e mais energia. As pessoas também sentem perda de apetite. Os efeitos desta droga geralmente duram cerca de 6 a 8 horas, mas podem durar até 24 horas.

Pode ser que a primeira sensação seja a de prazer, mas desde o início a metanfetamina começa a destruir as vidas dos usuários.

O QUE É A METANFETAMINA?

A metanfetamina é uma droga ilícita da mesma categoria que a cocaína e outras drogas ilícitas potentes. Tem muitos apelidos — tina, meth, crank ou speed sendo os mais comuns. (Veja a lista dos nomes populares.)

O cristal é usado pelos indivíduos de todas as idades, mas é mais usado como uma “droga de balada”, que se usa nas baladas e danceterias ou em “raves”. Os nomes populares mais conhecidos são ice ou glass.

É uma substância química perigosa e potente e, como todas as drogas, é um veneno que age primeiro como um estimulante, mas que começa a destruir o corpo sistematicamente. Consequentemente, está associada com sérias condições de saúde, incluindo: perda de memória, agressão, comportamento psicótico, danos coronários e cerebrais potenciais.

A metanfetamina causa dependência extrema e acaba com o corpo, a dependência é tão devastadora que só pode ser aliviada ao tomar mais da droga.

O efeito da metanfetamina é altamente concentrado, e muitos usuários dizem ter ficado viciados desde a primeira vez que a usaram.

“Experimentei uma vez e JÁ ERA! Estava viciado”, disse um dependente de metanfetamina que perdeu a família, amigos, sua profissão como músico e acabou sem teto.

Consequentemente, é uma das dependências químicas mais difíceis de se tratar e muitos morrem por causa da droga.

“Comecei a usar o cristal quando estava no colégio. Antes do meu primeiro semestre da faculdade terminar, o cristal se tornou um problema tão grande que desisti da faculdade. Parecia que eu tinha catapora porque ficava horas me olhando fixamente no espelho e me beliscando. Passava todo meu tempo usando cristal ou tentando consegui-lo.” — Anne Marie 

OS EFEITOS MORTAIS DA METANFETAMINA

O olhar repugnante do cristal de metanfetamina exibido nos rostos cicatrizados e prematuramente envelhecidos dos usuários.
(Crédito fotográfico: cortesia do Gabinete de Procuradoria Geral, Taswell County, Illinois) 

O impacto dos efeitos a curto e longo prazo no indivíduo

Quando usados, a metanfetamina e o cristal criam uma sensação falsa de bem-estar e energia, assim, a pessoa tem a tendência de movimentar o corpo mais rápido e passar dos limites. Dessa forma, os usuários de drogas experimentam o “bode” que é o esgotamento físico e mental depois de os efeitos das drogas terem passado.

Como o uso contínuo da droga gera falta de apetite, os usuários podem sofrer de perda de peso extrema. Os efeitos negativos também podem incluir: distúrbios do sono, hiperatividade, náusea, mania de grandeza, aumento de agressividade e irritabilidade.

Outros efeitos podem incluir: insônia, confusão mental, alucinações, ansiedade e paranoia. Em alguns casos, isso pode causar convulsões que podem levar à morte.

Danos a longo prazo

O uso de metanfetamina a longo prazo pode causar danos irreversíveis: Aumento do batimento cardíaco e da pressão sanguínea, danos nos vasos sanguíneos cerebrais que podem causar derrames ou batimentos cardíacos irregulares que podem causar, por sua vez, colapso cardiovascular ou morte.

Os usuários podem sofrer danos cerebrais, incluindo perda de memória e incapacidade para entender pensamentos abstratos. Quem consegue se recuperar, geralmente fica sujeito a memória fraca e mudanças de humor extremas.

DANOS CAUSADOS POR METANFETAMINA

EFEITOS A CURTO PRAZO

  • Perda de apetite
  • Aumento do batimento cardíaco, da pressão sanguínea e da temperatura corporal
  • Dilatação das pupilas
  • Distúrbios do sono
  • Náusea
  • Comportamento bizarro, instável, às vezes violento
  • Alucinações, hiperexcitabilidade, irritabilidade
  • Pânico e psicose
  • Doses excessivas podem levar a convulsões e morte

EFEITOS A LONGO PRAZO

  • Danos irreversíveis nos vasos sanguíneos do coração e do cérebro, pressão alta, levando a ataques cardíacos, derrames e morte
  • Danos no fígado, rins e pulmões
  • Causa destruição dos tecidos do nariz se for cheirada
  • Causa problemas respiratórios se for fumada
  • Causa doenças infecciosas e abcessos se for injetada
  • Má nutrição, perda de peso
  • Cáries profundas
  • Desorientação, apatia, confusão mental, exaustão
  • Forte dependência psicológica
  • Psicose
  • Depressão
  • Danos ao cérebro similares ao mal de Alzheimer, ataques e epilepsia

 

Solicite o seu exemplar GRATUITO do livreto A Verdade sobre a Metanfetamina.

Central de Atendimento

Clique aqui para ver todos os detalhes e estatisticas do site

 

topo